Refugio_das_Curucacas_logo_v2_curucacas_texto_bco.png

 

BASÓN

 

 

   Uma forma de se converter os dejetos humanos em adubo é utilizando-se um sanitário seco, mais especificamente, um basón. Entende-se por basón  uma câmara de compostagem acoplada a um assento sanitário, onde os dejetos humanos são convertidos lentamente em adubo (sob a forma de terra preta) em aproximadamente um ano.  Na zona rural, há materiais que ajudam no processo da compostagem, como folhas secas, serragem e cinzas. (Lengen, 2004)

bason-sanitario-seco.jpg

 Fonte: LENGEN, 2004.

    Os nutrientes oriundos da terra retornam à terra. No caso dos dejetos sólidos, retornam à terra após um processo de compostagem e eliminação de bactérias patogênicas. Assim como o esterco de outros animais é curtido, o nosso também, mas sem contato com a terra.

REFERÊNCIA UTILIZADA:

 

LENGEN, Johan van. Manual do arquiteto descalço. Porto Alegre: Livraria do Arquiteto, 2004.