Refugio_das_Curucacas_logo_v2_curucacas_texto_bco.png

CIRCUITO AUTOGUIADO FURNAS DO PASSO DO PUPO

 

   Caminhada em forma de circuito (ida e volta por caminhos diferentes), com 5,4 km de extensão e dificuldade leve superior.Esse roteiro passa pelas 4 Furnas do Passo do Pupo (Furnas Gêmeas, Furna do Anfiteatro e Furna Grande).

03 creditos.jpeg

Créditos: Michele Floriani

   A caminhada inicia no Refúgio das Curucacas, seguindo pela trilha de cor amarela por um "val"(fundo de vale), onde fica o totem 1 (imagem acima) e o primeiro passador de cerca (colchete). A partir daí, segue-se margeando o val até iniciar a subida que margeia uma fenda, com mata ciliar em sua borda. Ao final da subida, transpõe-se o segundo passador (à esquerda), e, seguindo a sinalização amarela, chega-se nas Furnas GÊmeas.

   As Furnas Gêmeas são poços de desabamento, assim chamadas pela sua proximidade, separadas somente por uma espécie de "ponte de pedra". O grupo mineral encontrado nas Furnas do Passo do Pupo é o Arenito Furnas. A Furna 1 (mais ao fundo, na imagem abaixo) possui 38m de profundidade e a Furna 2 possui cerca de 53m. Boa opção para o pôr do sol, contemplação da paisagem, biodiversidade, geodiversidade e observação de aves.

Captura de tela de 2019-05-03 13-35-52.redimensionado.png

Créditos: Alv's Garage

   A visitação do interior das Furnas Gêmeas só pode ser feita com um de nossos guias / condutores cadastrados, com número reduzido de participantes, para evitar causar impacto ambiental significativo na vegetação do interior, mais sensível ao pisoteio.  

   A biodiversidade da região pode ser apreciada na fauna e flora. diversas espécies de aves podem ser observadas na região, e, com sorte, alguns indivíduos terrestres, como o cachorro-vinagre, gato-do-mato, sussuarana, veado. A galeria abaixo mostra um painel de avifauna, produzido pelo Laboratório de Turismo em Áreas Naturas (LabTAN) - UEPG.

 

   Além da fauna, diversas espécies de flora podem ser vistas na região, desde belas araucárias e imbuias até espécies de vegetação de campo rupestre, como a rainha do abismo (quase ameaçada de extinção), petúnias, bromélias, orquídeas, lírio vermelho (ameaçado de extinção), além das endêmicas pixiriquinha e o cacto-bolinha, ameaçado de extinção. A galeria abaixo mostra um painel de identificação de vegetação de campo rupestre das Furnas Gêmeas, produzido por Adriane Ribeiro da Silva, Marcos Marcondes Carneiro e Jéssica Camila Garcia Ribeiro.

   Após a visitação nas Furnas Gêmeas, segue-se pela trilha azul (Trilha InterFurnas), predominantemente pela estrada interna da fazenda, até o Totem da Furna Grande, que direciona o caminhante para a respetiva Furna.

   A Furna Grande é um poço de abatimento (ou poço de desabamento) com 72m de profundidade e cerca de 400m de diâmetro. Sua face leste é rica em afloramentos do Arenito Furnas, com diferentes colorações e tonalidades. Abriga diversas espécies de aves, possui uma floresta de araucárias em seu interior e campos sulinos em seu entorno imediato.

 

   Assim como nas Furnas Gêmeas, a Furna Grande é uma ótima opção para o pôr do sol, contemplação da paisagem, biodiversidade, geodiversidade e observação de aves. Deve-seter cuidado para não pisar na sensível vegetação de campo rupestre do alto da Furna.

Créditos: Laertes Soares / Guilherme Forbeck

  O retorno ao Refúgio das Curucacas é feito pela trilha de cor branca, que tem a maior parte do traçado em contato com a mata nativa. A trilha margeia a Furna do Anfiteatro (onde pode ser avistada uma feição relacionada ao fenômeno "piping") e passa por dentro de alguns capões de mata. Mais próxima do Refúgio, a trilha margeia o corredor do Rio Quebra Pedra (rio que forma a cachoeira do Buraco do Padre). Há um trecho sinalizado com fitas refletivas vermelhas, que sinalizam a presença de abelhas; nesse trecho o silêncio é importante.

Créditos: Guilherme Forbeck / Alessandro Chagas

   Abaixo é mostrada uma galeria, com 3 imagens, sendo: mapa do circuito, planilha com o percurso de cada pequeno trecho e a classificação básica FEMERJ / CBME:

Material mínimo para a caminhada:

 

- Calçado fechado;

 

- 1,5L de Água para beber;

 

- agasalho para frio;

 

- corta vento ou outro tipo de agasalho impermeável;

 

- Repelente de insetos;

 

- Lanterna;

 

- medicamentos de uso pessoal.

INFORMAÇÕES GERAIS:

 

Percurso total: 5,4 km

 

Tempo médio: 02:30 h

 

Classificação básica de dificuldade (CBME / FEMERJ): leve superior

 

Contribuição: R$ 10,00 (sem seguro, inclui perneiras + taxas de visitação e de manutenção de trilhas);

                       R$ 15,00 (com seguro, inclui perneiras + taxas de visitação e de manutenção de trilhas).

 

Estão incluídos:

- Local para o automóvel no Refúgio das Curucacas Ecoturismo;

- Taxa de visitação e manutenção de trilhas nos atrativos;

- EPI para aventura segura: perneiras;

- seguro individual, facultativo.

 

contatos para informações:

- telefone / whatsapp: 42 99930-5500

- email: contato@refugiodascurucacas.com.br

   A previsão do tempo pode ser visualizada em nosso site, bem como imagens do radar do SIMEPAR.