Refugio_das_Curucacas_logo_v2_curucacas_texto_bco.png

Setor da Onda

 

   Setor de Escalada Esportiva que leva o nome de uma de suas Formações de Relevo Ruiniforme, a Pedra da Onda.

 

   Segundo o Dicionário Histórico e Geográfico dos Campos Gerais, Relevo Ruiniforme é uma Feição morfológica semelhante a ruínas, ou seja, forma de relevo que ocorre em conseqüência da erosão que esculpe principalmente os arenitos, elaborando esculturas naturais na paisagem, em conseqüência da ação da água das chuvas, do sol e da atividade biológica.Um dos exemplos mais notáveis destas feições muito típicas dos Campos Gerais ocorrem nos arenitos de Vila Velha. No Setor da Onda podem ser vistos alguns exemplos, como a Pedra da Onda e Pedra do Naufrágio.

   O início do desenvolvimento como Setor de Escalada se deu no final de 2015, com a conquista da via Nariz de Poseidon (VII a), pelos escaladores Alexandre (Preto) Saad e Guilherme (Guarda) Forbeck. Em 2018, teve mais 16 vias conquistadas pelos escaladores Guilherme Forbeck e Willian Lacerda, com o apoio da Bonier Equipamentos.

WhatsApp Image 2019-05-12 at 5.50.17 PM.jpeg

   O Setor da Onda fica localizado ao lado da Furna Grande, área das Furnas do Passo do Pupo. Para a visitação nas Furnas do Passo do Pupo, é necessário preencher um Cadastro no Refúgio das Curucacas Ecoturismo, de onde partem as trilhas guiadas e autoguiadas, ou na Lanchonete Dolina's Lanches - Cachoeira da Mariquinha.

 

   O acesso pode ser feito com veículo ou por trilhas ecológicas.

 

   A taxa de visitação para acesso com veículo é de R$ 5,00 por visitante.

   Para o acesso com veículo, segue-se pela estrada interna da fazenda do portão até a Área de Estacionamento da Onda (circulado em amarelo no mapa abaixo). aminha-se por 350m a partir do estacionamento (mapa na imagem 2 da galeria abaixo).

   O acesso pode ser feito a pé, por uma Trilha (5,2 km, ida e volta) ou por um circuito (5,5 km), que podem ser vistos nas imagens abaixo.Para acessar por trilha, o custo é de R$ 13,00 (taxa de visitação e manutenção de trilha). Hóspedes do Refúgio das Curucacas pagam R$ 8,00.

   O Setor da Onda possui atualmente 16 vias de escalada na Parede Principal, subdividida em Mar de Dentro e Mar de Fora.

  

   O Mar de Dentro possui vias entre IV e VI graus, enquanto o Mar de Fora a graduação varia de VI a VIIc.

  

   A parede principal localiza-se de frente para o oeste, ficando exposta ao sol no período da tarde.

 

   Abaixo são mostradas as 3 páginas do croqui do setor. 

    Em frente à Parede Principal, há bloco do Bob Esponja, com 3 linhas de boulder (da esquerda para a direita):

- Siriguejo (V0) - na aresta norte do bloco

- Bob Esponja (V1)

- Lula Molusco (V2)

CUIDADOS

 

- Deve-se ter o cuidado de só andar pela trilha. Na base do setor, há galhos e pedras delimitando a área de trânsito, para conservar a vegetação local, que é sensível e ameaçada de extinção;


- Não é permitido acampamento, fogueiras ou deixar lixo. Resíduos de frutas também devem ser recolhidos e levados embora, evitando inserir novos hábitos à fauna local e também uma possível contaminação da fauna com nossas bactérias;


- Recomenda-se fortemente o uso de capacete, pode haver quebra de agarras;


- Recomenda-se também a colocação prévia do top da via a ser escalada, para fazer a virada final das vias com segurança. Todas, com exceção da “Craquinhas do Mar” e “Big Rider”,  ficam expostas sem o top. É bom usar proteção na fita do top, para evitar danificar por abrasão;


- Importante ter muito cuidado com a vegetação da parede. Há uma espécie de cactus (ripsallis dissimilis) rara e ameaçada de extinção.