Refugio_das_Curucacas_logo_v2_curucacas_texto_bco.png

TRAVESSIA ARQUEOLÓGICA REFÚGIO DAS CURUCACAS x CACHOEIRA DA MARIQUINHA via BURACO DO PADRE

 

   Convidamos você para a mais bela Travessia dos Campos Gerais, a Travessia Arqueológica Refúgio das Curucacas x Cachoeira da Mariquinha, via Buraco do Padre. Uma caminhada por cachoeiras, sítios arqueológicos, furnas, remanescentes de campos sulinos, feições rochosas e de relevo, percorrendo 3 belos atrativos naturais de nossa região, Furnas do Passo do Pupo, Buraco do Padre e Cachoeira da Mariquinha.

   A atividade inicia no Refúgio das Curucacas Ecoturismo, onde fazemos um briefing, com informações sobre o local da atividade, biodiversidade, geodiversidade e conduta no ambiente natural, os principais riscos e seus tratamentos.

Créditos da foto: Alessandro Chagas (Guia de turismo CADASTUR - Projeto Arqueotrekking)

   A caminhada começa no Refúgio das Curucacas Ecoturismo, seguindo pelo Corredor Ecológico do Rio Quebra Pedra (rio que forma a cachoeira do Buraco do Padre) e pela Furna do anfiteatro (onde pode ser avistada uma feição relacionada ao fenômeno "piping").

Créditos das fotos: Alessandro Chagas e Michele Floriani

   Após a Furna do anfiteatro, chegamos na Furna Grande. A Furna Grande é um orifício crateriforme com cerca de 400m de diâmetro e 70m de profundidade, formada por desabamento, causado pela circulação de água subterrânea através de fraturas. Como toda Furna de nossa região, Possui grande importância ecológica, já que conduz água em profundidade, recarregando o Aquífero Furnas. Apresenta microclima diferenciado, mais fresco que a parte externa, dada a presença de sombra, árvores e umidade.

 

  Assim como a maioria das furnas de nossa região, possui relevante importância ecológica, por realizar a recarga do Aquífero Furnas. Belo atrativo natural para contemplação da paisagem, geodiversidade e biodiversidade.

Furna Grande_geral_01.redimensionado.png

Créditos da foto: Cauê Quadros

   Passamos por cima das paredes da Furna Grande, e seguimos até a Pedra da Onda. A Pedra da Onda é uma formação de relevo ruiniforme, verdadeira escultura natural no arenito feita por dissolução. Nesse Setor, há outras formações também, como o Naufrágio, bloco de arenito que parece um navio encalhado.

Créditos das fotos: Guilherme Forbeck

   Caminhamos, então, até a área do Buraco do Padre, e chegamos na chamada Piscininha, pequeno remanso do Rio Quebra Pedra, que também é uma furna, porém, já assoreada, naturalmente. Na Furna da Piscininha, observamos o sumidouro que precede a cachoeira, chamado de Toca do Morcego.

Captura de tela de 2019-05-13 19-53-00.redimensionado.png

Créditos da foto: Guilherme Forbeck

   Visitamos também o topo do Buraco do Padre e nos dirigimos para a Fenda da Freira. A Fenda da Freira é uma falha formada há cerca de 130 milhões de anos, de enorme riqueza em aspectos cênicos, geológicos, espeleológicos e, portanto, turísticos. Na visitação, identificamos espeleotemas, espeleogens e alguns exemplares de fauna e flora cavernícola. Fazemos a visitação da Fenda da Freira devidamente equipados, com capacetes de espeleologia.

Créditos das fotos: Jader Rossi (Alpha 7 Adventure)

  Seguimos em caminhada até o interior da Furna do Buraco do Padre, uma furna de arenito de beleza única, que possui em seu interior uma cachoeira de aproximadamente 30m, que ressurge do meio das rochas. O Buraco do Padre é um dos atrativos de maior visitação de nossa região, com infraestrutura para receber idosos e cadeirantes.

Créditos das fotos: Alessandro Chagas

   Passamos então pelos sanitários e pelo Café do Lobo, que serve alimentos e bebidas.

 

   Caminhamos para o Abrigo Macarrão, sítio arqueológico com pinturas rupestres que datam de 4000 a 7000 anos atrás. Nosso Guia de Turismo, especialista em arte rupestre, Alessandro Chagas (Projeto Arqueo Trekking) faz a contextualização do Sítio Arqueológico.

Créditos das fotos: Alessandro Chagas e Guilherme Forbeck.

   Fazemos breve explanação sobre o Setor de Escalada Macarrão, um dos principais setores de escalada esportiva da região. Seguimos em Travessia para a Cachoeira da Mariquinha.

WhatsApp Image 2019-05-20 at 7.16.15 AM_JUDEU.jpeg

Créditos da foto: Alessandro Chagas

   Ao chegar na Fazenda Conquista (Cachoeira da Mariquinha), visitamos um Sítio Arqueológico, com pinturas rupestres da Tradição Geométrica.

Créditos das fotos: Alessandro Chagas e Guilherme Forbeck.

   Passamos o Rio Quebra Perna e visitamos mais dois importantes Sítios Arqueológicos, o Abrigo Morro do Castelo e o Abrigo Cambiju, ambos com pinturas rupestres das Tradições Geométrica e Planalto. Entre os Sítios, caminhamos entre belos exemplares de vegetação de campo rupestre.

Créditos das fotos: Alessandro Chagas

   Após a visitação dos sítios arqueológicos, apreciamos a majestosa Cachoeira da Mariquinha de seu mais belo mirante, e descemos até a cachoeira, com seus 30 metros de queda d'água sobre uma base de rocha e areia, de rara beleza.

Créditos das fotos: Alessandro Chagas

   Retornamos pela trilha principal até a Lanchonete Dolina's Lanches, que serve deliciosos lanches e bebidas. O retorno até o Refúgio das Curucacas é feito com transporte.

Material mínimo para a caminhada:

 

- Calçado fechado;

 

- 1,5L de Água para beber;

 

- Lanche de trilha;

 

- corta vento ou outro tipo de agasalho impermeável;

 

- boné / chapéu;

 

- protetor solar;

 

- Repelente de insetos;

 

- Lanterna.

 

INFORMAÇÕES GERAIS:

 

Data / hora: conforme nossa agenda ou pode ser agendada nova data pelo botão azul abaixo ou telefone / whatsapp (42 99930-5500)

 

Ponto de Encontro: Refúgio das Curucacas Ecoturismo

 

Percurso total:17 km

 

Tempo médio:8 horas

 

Contribuição: R$ 150,00

 

O valor inclui:

- área de estacionamento,  no Refúgio das Curucacas Ecoturismo;

- operadora credenciada CADASTUR;

- guia de turismo CADASTUR, especialista em arte rupestre;

- condutor local, especialista em técnicas verticais;

- Taxas de visitação (Cachoeira da Mariquinha, Buraco do Padre, Fenda da Freira e Furnas do Passo do Pupo);

- Translado de retorno da Cachoeira da Mariquinha ao Refúgio das Curucacas;

- EPI para aventura segura: perneiras e capacetes de espeleologia;

- seguro individual para a atividade (Porto Seguro).

 

contatos para informações:

- telefone / whatsapp: 42 99930-5500

- email: contato@refugiodascurucacas.com.br

   Clique no botão para assistir a reportagem da Rede Massa sobre nossas Trilhas Ecológicas.

   A previsão do tempo pode ser visualizada em nosso site, bem como imagens do radar do SIMEPAR.