Refugio_das_Curucacas_logo_v2_curucacas_texto_bco.png

TRILHAS, CIRCUITOS E TRAVESSIAS

 

   A Confederação Brasileira de Montanhismo e Escalada (CBME) utiliza a metodologia adotada pela FEMERJ (Federação de Montanha e Escalada do RJ) para a classificação de diferentes tipos de trilhas. A seguir são apresentadas as definições CBME para trilha, circuito e travessia:

 

- TRILHA: usa-se o termo trilha quando a ida e a volta se dão pelo mesmo caminho;

 

- CIRCUITO: quando um trilha começa e termina no mesmo local, mas seguindo por caminhos diferentes;

 

- TRAVESSIA: uma trilha em que o início e o fim são lugares distintos. Para padronização na nomenclatura, usa-se por convenção a letra “x” (minúsculo) entre o local de início e o do fim sempre que a travessia não possuir um nome específico.  

   Em nossos roteiros de trekking, utilizamos a Classificação Básica de Trilhas, proposta pela FEMERJ, mostrada abaixo:

Refugio_classificacao basica de trilhas femerj.jpg